quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Cientificismo

Quando lemos palavras como  "Ordem e Progresso" , lembramos de Augusto Conte e sua filosofia que pregava a felicidade do homem como resultado do progresso das fabricas, da Ciência, da tecnologia , emancipando o homem. 
O positivismo entra em oposição com suas luzes iluministas 'a chamada idade das trevas anterior , descartando a metafisica, a filosofia e a religião como crenças infundadas e primitivas que impedem a realização do progresso do homem: somente a Ciência nos dará o conhecimento correto, infalível. 
O materialismo torna-se o objetivo reinante para produzir a felicidade humana na terra. 
A Ciência se firma e produz o modo do conhecimento humano onde a Verdade está no empirismo , ao fato, que produzirá a verdadeira filosofia e conhecimento - - o restante é descartado. 
Esse quadro surrealista de René Magritte responde ao Positivismo, chamado " a condição humana" . A imagem fala por sí : profunda ilusão . Um cavalete produz a ilusão de um quadro pintado. 




Quando um ser humano aposta todas suas fichas no saber cientifico, ele criou para sí a mais profunda crença na ciência - ou cientificismo- e o risco de consequências previsíveis que o jogarão por terra nesse apego ao método indutivo. 
Essa profunda crença foi diagnosticada por filósofos da ciência como Karl Popper demonstrando as consequências dessa profunda ilusão: tanto as falsificações cientificas produzidas quanto a superação de teorias por outras que possam vir a ser falsificáveis podem produzir um dogma cientificista que beira o irracionalismo profundo- um conhecimento relativo, ou seja, mostra a ilusão de seus defensores com argumento da imparcialidade do método cientifico pois a ilusão está no procedimento cientifico ao objeto estudado, na qual a definição produz uma escolha, que é feita objetivando resultado, e demonstrando sua parcialidade. Um bom exemplo disso é a teoria do Big - Bang e a "Variação Quântica no Vazio incriado"com objetivo claro em descartar o divino. 
Cientistas das religiões enterraram de vez essa crença apoiados também na descobertas arqueológicas (jamais existiu uma sociedade sem a pedra fundamental: a religião) ao demonstrar que o pensamento metafisico, filosófico e religioso, tão descartado pelos cientificistas, fazem parte da ESTRUTURA da consciência, nunca como ETAPA , ou seja, alegar superioridade no pensamento cientifico demonstra deficiência em outras características humanas.
Quem usa apenas a ciência como a suprema verdade do saber para olhar o mundo e o outro de forma alguma é superior. 
Com o nascimento da era progressista, desenvolvendo-se e dominando praticamente o mundo inteiro - exceto as poucas sociedades ou indivíduos que ainda se ligam ao sentimento metafisico e religioso - nunca se viu em toda a história tantos transtornos psicológicos em tantos seres humanos apontando que há milhões de indivíduos deficientes, que não são e não estão completos em sí .

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Fortalezas Templárias no Brasil - 3

Fortaleza Templária de São José do Macapá na margem esquerda do rio Amazonas, integrando a paisagem da capital do Amapá. Concluída oficialmente em 19 de março de 1782 após anos e anos de construção.
Por que Templária? Porque a Ordem de Cristo é a sucessora da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão . Aqui vieram tomar posse em 1500 nas terras já conhecidas com o templário Pedro Alvares Cabral em naus com o simbolo templário , fincando na terra a bandeira da Ordem de Cristo , a Vera Cruz. A história de Portugal e do Brasil (até 1822) são templárias. O livro de Tito Lívio “A Ordem de Cristo e o Brasil “ mostra a verdadeira história do Brasil, tão ocultada, manipulada e destruída pelo marxismo cultural.Os comunistas estão reescrevendo novamente a história do Brasil já amplamente ocultada, com outras infinitas mentiras, para destruir de vez vestígios da verdadeira história brasileira.






Vestígios do Forte de São Gabriel da Cachoeira que estaria no morro da Fortaleza, à margem esquerda do Alto Rio Negro, em São Gabriel da Cachoeira levantado em 1761 em plena selva amazonica no extremo norte do estado do Amazonas, Brasil. Hoje esse forte encontra-se dissolvido mas há registros históricos além de vestígios. Por que Templárias ? Porque a Ordem de Cristo é a sucessora da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ou simplesmente Ordem do Templo ou Ordem dos Templários após sua dissolução conforme a bula papal por Clemente V "Regnun in Coelis" após pressões do Rei Felipe, o Belo - o livro "Os Templários " de Regine Pernoud escrito por quem acessou diretamente os arquivos do Vaticano mostra a verdade sobre essa Ordem cristã . É a mesma Ordem cristã que veio tomar posse dessas terras - terra brasilis que foi criada 4 anos após sua dissolução pelo papa João XXII oficialmente em 14 de Março de 1319 na bula Ad ea exquibus cultis augeautur divinus por influência do rei de Portugal D.Dinis e o patrimônio templário , bens anteriormente confiscado pelo Rei Felipe e pelo Papa, foi devolvido 'a Ordem de Cristo portuguesa. Os comunistas e maçons estão novamente reescrevendo a história brasileira para destrui-la de vez com uma infinidade de mentiras sem qualquer base documentada e toda essa verdadeira historia brasileira DOCUMENTADA, que pouquissimos conhecem, estará cada vez mais dificil em estuda-la.





segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Ordem dos Templários - Ordem de Cristo

Por que a Ordem de Cristo é a sucessora da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ou simplesmente Ordem dos Templários?
A bula papal "Regnun in Coelis" de Clemente V após pressões do Rei Felipe, o Belo , extingue a Ordem Templária sob falsas acusações- leia o livro "Os Templários " de Regine Pernoud que acessou diretamente os arquivos do Vaticano, para jogar ao lixo 99,99% dos livros e todos artigos até hoje produzidos sobre templários editados por influencias ou falsificações maçonicas ou marxistas- jamais a Ordem Cristã teve laços com a maçonaria - exceto nas manipulações posteriores impostas.
(imagem: D.Dinis e a rainha Isabel )

A sucessora cristã, a Ordem de Cristo, da extinta Ordem dos Templários em 1312, foi criada oficialmente em 14 de Março de 1319 pelo papa João XXII na bula Ad ea exquibus cultis augeautur divinus por influência do rei de Portugal D.Dinis e o patrimônio templário , confiscado pelo Rei Felipe e pelo Papa, foi devolvido 'a recém fundada Ordem e aos cavaleiros templários que fugiram da perseguição para a atual Portugal fundada anteriormente pelo templário Rei Afonso Henriques após expulsão do islã ,e que posteriormente vieram tomar posse das terras brasilis com Pedro Alvares Cabral em naus templárias com o simbolo da cruz templária em suas velas.
(imagem: Papa João XXII )


A história de Portugal e do Brasil (até 1822) são templárias. O Brasil sofreu o 1 golpe maçônico em 1822 e o 2 na proclamação da república. Observa-se que as origens e a verdadeira história do Brasil é de uma profundidade extraordinária, mas ocultada, manipulada, falsificada ou induzida posteriormente.
Abaixo o link da imagem digitalizada da bula papal criadora da Ordem de Cristo comentada acima:

http://digitarq.dgarq.gov.pt/viewer?id=4633920

Fortalezas Templárias no Brasil - 2



Forte de Santo Antônio dos Pauxis construído em 1697 em plena selva amazônica pela Ordem de Cristo, sucessora da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ou simplesmente Ordem dos Templários, para defesa das terras templárias que a Ordem aqui veio tomar posse desde 1500 com o mestre templário Pedro Alvares Cabral . Está localizado 'a margem esquerda do rio Amazonas no estado do Pará . A verdadeira história do Brasil foi manipulada e ocultada tanto pela maçonaria quanto pelo marxismo (NOM) para que o maior império cristão fosse destruído e que jamais o país cresça como a principal nação do mundo. O livro de Tito Lívio "A Ordem de Cristo e o Brasil" trás a verdadeira  história do Brasil. Uma nação que perde e menospreza seu passado, não encontra seu caminho no futuro - é o que aconteceu com o Brasil dominado pela maçonaria desde 1822 e pelo comunismo.





Fortalezas Templárias no Brasil -1

Poucos conhecem a verdadeira história do Brasil
Esse é o Real Forte Príncipe da Beira , fortaleza construída para defender as terras da Ordem de Cristo (Templários) em Rondônia 'as margens do rio Guaporé. Construção iniciada em 1775 em uma saga épica em plena selva amazônica terminada 10 ou 11 anos depois. Não existe algo similar no mundo novo - nas três américas. Consta que o bandeirante  Raposo Tavares chegou aos Andes subindo a cordilheira no extremo oeste das terras Templárias. Por que terras Templárias ? Porque a Ordem de Cristo é a sucessora da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ou simplesmente Ordem do Templo ou Ordem dos Templários após sua dissolução. A mesma Ordem cristã que veio tomar posse dessas terras - terra brasilis. O livro " A Ordem de Cristo e o Brasil " de Tito Lívio  trás a verdadeira história do Brasil tão ocultada e falsificada com objetivo em destruir o maior império cristão surgido, impedindo-o em crescer, tanto pela maçonaria quanto pelo marxismo cultural - a NOM.



quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Sudário

O problema de todo tipo de anticristo e explicações ou lendas da passagem de vida ou morte dele em paragens distantes, é a existencia do sudário além da presença de seus seguidores deixando relatos, martirizados pelo poder da época, jamais negando o que escreveram ou a fé nele 

Clique no link sobre o sudário : http://www.portaldoplaneta.com.br/temas/sudario-de-turim/index.html


Templários - Atlas Miler

Atlas Miller de Lopo Homem, cartógrafo real portugues, publicado em Lisboa no ano de 1519, que mostra a Terra Brasillis, nome vulgar da Província de Santa Cruz, mapeada pela posse dos Templários da Ordem de Cristo portuguesa, substituta da Ordem Dos Templários. Anos depois, em 1576 no livro "História da Província de Santa Cruz a que vulgarmente chamamos Brasil" Pero de Magalhães Gandavo, 1 historiador lusobrasileiro escreve no capítulo 1 a razão de chamar-se tais terras de Província de Santa Cruz: " O que não carece parecer mistério, porque assim como nesses Reinos de Portugal trazem a cruz no peito por insígnia a Ordem e Cavalaria de Cristo, assim prouve a Ele que essa terra se descobrisse a tempo* o tal nome lhe pudesse ser dado neste santo dia, pois havia de ser possuída por portugueses , e ficar por >>>herança<<< de patrimônio no Mestrado da mesma Ordem de Cristo " . O padre jesuíta Antonio Vieira sugere ao rei Dom João IV o reconhecimento dos Andes, 'a oeste, como patrimônio da Ordem de Cristo , na carta ao Marquês de Nisa .
- Ou seja, foi tomada a posse dessas terras pelos templários
(*) terras conhecidas bem antes da tomada de posse pelo Mestre templário Pedro Alvares Cabral em 1500
(1) a Maçonaria ocultou nossa verdadeira origem, desde seu 1 golpe em 1822 quando da separação de D.Pedro I do reinado portugués , concluindo no 2 golpe maçon na proclamação da República.
(2) os planos para que jamais cresçamos como nação poderosa,dado o tamanho e riquezas, vem de séculos atrás iniciando com a maçonaria , concluindo hoje com seu filhote, o comunismo , tornando a nação subjugada e escravizada, destruindo o 1 Império Cristão do mundo , o português, pelos gnósticos.





terça-feira, 21 de novembro de 2017

Inferno

"Os que gritam fortemente contra o inferno, crêem nele mais do que nós "(porque)
"É a corrupção do coração que faz negar a existência do inferno"
 - Mons. de Ségur . 

Imagem : o inferno em perspectiva - Dante Alighieri . 

De fato é tradição em todos sistemas religiosos ou das religiões a existência de tal lugar, que perde-se num tempo tão longínquo ou na historia da humanidade.





quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Bernardo de Claraval e Templários

Os 3 passos da experiência mística,segundo Bernardo de Claraval*



1: Consideração - Olhar as coisas de fora pois elas permanecem objetos de nossa subjetividade .
2: Contemplação - Participação do "Templo" , santo dos santos.
3: Excessus - Sair de sí , excede a existencia normal ; o homem é levado para fora de sí sem perder sua identidade . ou Raptus - ser tomado pela experiencia mistica .
*Bernardo de Claraval foi o criador das regras monásticas participando da Ordem Templária. Comprova-se assim que a Ordem do Templo jamais seguiu qualquer linha satanica, após mitos e lendas surgirem via Maçonaria , deturpando-a até porque a Maçonaria surgiu muito tempo depois. A Maçonaria não é nem herdeira , nem sucessora da Ordem do Templo.  Bernardo foi um dos maiores nomes da mística cristã.

domingo, 22 de outubro de 2017

Templários e o Brasil



O Templário Afonso Henriques, da Ordem de Cristo, sucessora da Ordem do Templo, o 1 Rei de Portugal, unificou os condados e formou o primeiro reinado português logo após a vitória na Batalha de Ourique em 25 de julho de 1139 contra o Islã, impedindo a tomada completa da Europa pelos muçulmanos. Da mesma forma que o Imperador Romano Constantino e sua famosa "visão" em sonho na qual foi recomendado marcar o simbolo da cruz nos escudos de seu exercito para vencer na batalha da Ponte Mílvia , e venceu, Dom Afonso também teve a visão que venceria o islã pouco antes dessa famosa batalha, visão essa chamada de "o milagre de Ourique", e venceu.







 Essa história templária está ligada diretamente ao Brasil, que posteriormente rompeu a sequencia dos únicos reinados que se conhece de inspiração direta (divinas) , com D.Pedro I junto á Maçonaria, e na sequência da infiltração maçônica, a proclamação da República com a destituição de D. Pedro II. A verdadeira história do Brasil está amplamente ocultada




Túmulo do Templário Dom Afonso Henriques na Igreja e Mosteiro da Santa Cruz

fonte: imub.org

sábado, 21 de outubro de 2017

Templários no Brasil

“A expansão portuguesa (e o descobrimento do Brasil) não foi, nem fruto do acaso, nem um feito político da Coroa ou de cortesãos esforçados, antes a missão de uma >>>>>Ordem iniciática<<<<<.” 
- Manuel J. Gandra . 



O primeiro nome dado ás terras descobertas pelos Templários da Ordem de Cristo portuguesa, sucessora da Ordem do Templo, "Terra de Vera Cruz " cuja 1 bandeira fincada no solo não foi a do Rei de Portugal, nem da coroa portuguesa mas sim da Ordem, a famosa Vera Cruz que estampavam as caravelas portuguesas dos Templários. As novas terras não pertenciam 'a coroa, mas sim aos Templários que vieram aqui tomar posse em 22 de abril de 1500 , pela Ordem - Vera Cruz é o simbolo iniciático conhecido do cristianismo e da Ordem cristã .Depois a Maçonaria dominou  desde Portugal até o Brasil - aqui fazendo imperador e depois instalando a Republica. A maçonaria não é nem herdeira nem sucessora da Ordem do Templo . 




 A carta de Mestre Joao escrita entre 28 de abril e 1 de maio de 1500 derruba a falsa afirmação que veio a se tornar tradicional que os navios Templários acabaram aqui por acaso, nesse trecho: 
"Quanto, Senhor, ao sítio desta terra, mande Vossa Alteza trazer um mapa-múndi que tem Pero Vaz Bisagudo e por aí poderá ver Vossa Alteza o sítio desta terra; mas aquele mapa-múndi não certifica se esta terra é habitada ou não; é mapa dos antigos e ali achará Vossa Alteza escrita também a Mina"
Os "Contos de Cantuária" relata também o comercio retirando do Brasil a madeira em 1386, pelos Templários. Há diversas especulações sobre mapas de navegação antigos mostrando o continente sul americano, inclusive o famoso mapa de Piri Reis apontando um lugarejo chamado "Ianero" na localidade da atual cidade do Rio de Janeiro
-ou seja, as terras ja eram conhecidas. A verdadeira História do Brasil está amplamente ocultada.




Pedro Àlvares Cabral foi o ultimo Templário


fonte: imub.org

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Szondi



Leopold Szond  em sua psicologia do destino provou cientificamente que grande parte de nossas escolhas ruins recebe influencia de nossa ancestralidade .Seus estudos e pesquisas começaram quando da simples pergunta : O que impedia a liberdade no homem? A resposta vem de nossos antepassados e padrões repetitivos sub-conscientes agregados em cada um de nós , ou seja, carregamos boa parte ruim ou o karma de nossos antepassados durante toda nossa vida - exceto se o padrão inconsciente for quebrado , ou a "maldição for interrompida" , o destino da pessoa praticamente está determinado por nossas escolhas repetidas sob forte influencia desse inconsciente ancestral . Isso é um conceito conhecidíssimo de religiões tradicionais . Por isso civilizações antigas tinham o costume do culto aos ancestrais como forma em "apaziguá-los" na vida do individuo descendente. Esses costumes dos antigos foi levada adiante por tradições religiosas com o Cristianismo, por ex. Hoje em dia não mais praticamos tais rituais e assim carregamos sem solução os entraves mais negros de nossos ancestrais. Explica-se em certo ponto, talvez totalmente, porque problemas na psiqué como depressão, histerismo e a psicopatia está envolvendo tantos na sociedade, e ao mesmo tempo nos mostra o tamanho de nossa responsabilidade perante filhos e netos.
Percebe-se que tais estudos de Szondi corroboram com areas atuais como por ex. a constelação familiar . Uma das soluções contra o destino trágico aprendidas de Szondi é jamais fazer amizades na qual te levam para baixo. Ser amigo distante de alguém que te eleve, que te chacoalhe com objetivo em te melhorar, que curte as mesmas coisas boas que voce , é infinitamente melhor que ter dezenas de amigos reais ao seu lado mas que detestam o que voce gosta.Isso tem um significado mais profundo que se imagina: está em jogo escolhas como ser direcionado inconscientemente por tais padrões ancestrais ou conscientemente toma decisões sob égide em padrões universais positivos. O ego escolhe tornar-se um refém desse inconsciente via compulsões como por exemplo, roubar o proximo, ou torna-se senhor de um novo futuro subordinando o padrão ancestral a um valor universal positivo: não roubar, pois assim não prejudica o próximo. Na terapia dessa linha ou escola psicanalitica, não significa que o ego forma esse novo futuro negando essa ancestralidade, mas sim o contrário : compreende esse padrão ancestral e assim parte para um outro modo, e esse é o conceito de liberdade de escolha em resposta 'a pergunta inicial.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Castas modernas

De um ponto de vista Tradicional, aprendemos com eruditos e sábios que o sistema de castas ainda predomina no mundo mas de uma forma psicológica, amplamente invertida. O sistema original valia-se do Dharma individual, onde cada indivíduo sabia sua posição social em comunhão com suas caracteristicas próprias; era um contato espiritual, além psiqué. Desse modo alcançava a plenitude do ser. Inexistia pressões entre cada uma das castas. 
Vamos tentar explicar : 
Em tempos perdidos de tão antigos, chegou-nos em forma de mitos e lendas que o poder espiritual e temporal tinha origem na virtuosidade metafisica e seu contato espiritual superior. Muitas sociedades nesse período perdido eram governadas por um Rei sacerdote e tais sociedades nos deixaram em forma de ruínas essa caracteristica refletida nas obras de arte e templos sagrados. A classe mais baixa vivia basicamente pelo dinheiro e o que podia adquirir.




A cada degeneração , tais sociedades desaparecem e nos deixa um legado seguinte na forma do poder de um rei guerreiro pertencente 'a respectiva casta militar sem o contato espiritual , refletindo o período na arquitetura : fortificações, castelos com seus muros altos protegem a sociedade e o mercantilismo começa a tomar forma . 




Depois dessa fase , nova degeneração: o mercantilismo toma forma e a classe burguesa se apodera do poder - refletindo nas obras : abertura de diversos comercios, industrias, e a arquitetura refletida em mansões, casas, etc.





Hoje em dia vemos essa inversão na forma da sociedade viver basicamente pelo dinheiro - o que antes era caracteristica da ralé, hoje é perseguido por praticamente todos membros da sociedade . A casta (psicologica) dos burgueses domina amplamente o comercio, serviços e a industria , com a casta logo inferior (trabalhadores no geral) buscando seu sustento.
Presidentes sem estudo, psicopatas e degenerados são eleitos no sistema que reflete a degeneração das castas - a democracia - onde quem manda no voto é o poder do dinheiro que é comprado com o devido marketing. 
Desnecessário dizer que a classe sacerdotal e filosófica além de não raro ser amplamente ridicularizada, também segue na mesma onda degenerativa. A arquitetura reflete esse periodo atual : padronizada, como nos nossos atuais prédios de apartamentos padronizados - os '"pombal" infestando o horizonte.




A forma psicologica em cada individuo ainda indica a casta 'a qual pertence.
 Desnecessário afirmar que a maioria ainda vive na casta antiga e mais baixa: busca pelo dinheiro. Estamos no final dessa inversão total das castas com a degeneração total que o comunismo promove, tomando conta de todas sociedades pelo mundo: os piores governam via promessa da felicidade nos bens materiais divididos igualmente 'a todos. 
As consequencias desse materialismo são óbvias e vizíveis 'a qualquer um que queira enxergar essa perda de sentido, significado e espiritualidade em forma do distanciamento do dharma individual: grande parte dos indivíduos totalmente vazios, perdidos em vícios e paixões, caídos no ateísmo ou materialismo, desconectados da espiritualidade, ou pertencentes 'a espiritualismos materialistas toscos, enchendo salas de espera em clinicas de psicanalistas ou entupidos de remedios contra depressão, transtornos e outros tipos de disfunção na psiqué .



sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Transcendência

"A virtude não é senão o prelúdio pedagógico da percepção culminante, que ultrapassa todos os pares de opostos. A virtude subjuga o ego voltado para si mesmo e torna possível a convergência transpessoal " 



Símbolo místico máximo auto-evidente que se perde no tempo e na história da humanidade. Lendas e mitos derivados desse dominio , que se espalham em todas civilizações desde que o mundo é mundo .



- Só existe um caminho , a "via da mão direita" que permite o domínio sobre os "dois monstros" pelo herói. O outro é ilusório e decadente.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

" o Silencioso"

" o Silencioso " ou Sábio (Mumi) - A Mitologia, os rituais religiosos e a Metafísica são guias para a iluminação. Não são a experiencia em sí. As verdades cientificas lidam com hipóteses após observações na qual tentam aproximar-se da coisa observada, transmitindo o conhecimento divulgando-o. O caminho para a transcendência na espiritualidade é raro, silencioso e único, por isso tal experiencia não pode e não consegue ser transmitida.



*Imagem: mestre budista Liu Quan . Séc XI ou XII